GNR detém quatro suspeitos de dezenas de furtos e posse ilegal de armas

Por: Rita Ribeiro
22-01-2019


A Guarda Nacional Republicana, através do Núcleo de Investigação Criminal de Pombal, deteve, em Pombal, na semana passada, quatros pessoas, suspeitas de furtos qualificados e detenção ilegal de armas.

Segundo a GNR, as detenções ocorreram “no âmbito de uma investigação de 22 furtos em estabelecimentos comerciais, empresas e residências, ocorridos nos concelhos de Pombal, Leiria, Caldas da Rainha, no distrito de Leiria, e Santarém e Tomar, no distrito de Santarém, entre outubro de 2018 e janeiro de 2019”, nesse sentido “os militares detiveram três homens e uma mulher, com idades entre os 30 e os 60 anos”.

Dando cumprimento a” dois mandados de detenção e a 12 buscas, das quais três domiciliárias e oito em veículos, garagens e num complexo de estufas, no concelho de Leiria, a operação culminou com a detenção de dois homens, em flagrante delito, por detenção ilegal de armas”, revelou aquela força de segurança em nota de imprensa.

Entre as apreensões constam quatro veículos, 6.200 litros de gasóleo, dois revolveres, uma espingarda, uma pistola, mais de uma centena de munições, diversas ferramentas afetas à construção civil e atividade mecânica, televisores e computadores. “Das buscas realizadas foi recuperado diverso material estimado no valor de 147 mil euros”, revela.

Todos os detidos têm antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, tendo um deles já cumprido pena de prisão, encontrando-se, neste momento, em pena suspensa pelo período de cinco anos, revela a mesma fonte.

Publicidade
Últimas